Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro

Técnico em Cooperativismo

Curso Técnico em Cooperativismo

Modalidade: Integrado ao Ensino Médio (3 anos)
Requisitos: Ensino Fundamental Completo
Turno: Manhã (Integrado) + 2 tardes

Matriz Curricular

Projeto Pedagógico (Integrado) (pdf)

O Curso Técnico em Cooperativismo pertence ao eixo Gestão e Negócios, já implantado no Campus Avançado Coronel Vivida, com a oferta do Curso Técnico em Administração. Neste sentido, a implantação do Curso Técnico em Cooperativismo possibilita a consolidação de itinerários formativos que vem ao encontro das demandas de capacitação e desenvolvimento técnico e tecnológico para o fortalecimento de formas produtivas alternativas e solidárias. A oferta do Curso Técnico em Cooperativismo reafirma a identidade técnica e tecnológica dos cursos oferecidos no campus, considerando prioritariamente o contexto regional e os arranjos produtivos locais, sendo sua proposta, fruto de um processo coletivo de discussão envolvendo o corpo docente do Campus Avançado Coronel Vivida e a comunidade externa, diante de demandas levantadas em Audiências Públicas realizadas com a comunidade de Coronel Vivida e região. Ressalta-se que o surgimento de novas cooperativas, comprovadamente, é uma eficiente maneira de fomentar o desenvolvimento econômico local e regional, fortalecendo laços entre
produtores/consumidores e mercado, potencializando a geração de renda, e servindo de plataforma para a garantia do desenvolvimento econômico e social da região, permitindo o pleno exercício da cidadania por parte de sua população. As atividades produtivas em modelos cooperativos conquistam espaço para além dos grandes
setores do agronegócio onde estão consolidadas. Em comunidades economicamente vulneráveis e carentes de serviços públicos buscam o fortalecimento dos laços de solidariedade e a autonomia econômica.
O Instituto Federal do Paraná, Campus Avançado Coronel Vivida, ciente de sua missão em promover a educação profissional e tecnológica, pública, de qualidade e socialmente referenciada, busca oferecer subsídios e condições para que as potencialidades econômicas, sociais e culturais da região em que está inserido sejam alavancadas. Para que esta missão seja cumprida, a oferta de cursos que promovam inclusão e atendam aos anseios da comunidade
passa a ser condição sine qua non para seu êxito, objetivando a formação de cidadãos críticos e conscientes de seu papel como agentes transformadores da realidade local e regional. Assim ressalta-se o caráter dialógico desta proposta de abertura de curso ao buscar atender demandas de organização da produção e das relações de trabalho a partir da perspectiva do cooperativismo com ênfase no associativismo e economia solidária.

Objetivo:
Formar profissionais para atuar na constituição, desenvolvimento e gestão de cooperativas,
buscando responder às demandas produtivas locais e regionais, às necessidades do mundo dotrabalho e de formação humana integral, comprometendo-se com a emancipação humana e
com a transformação social.

Objetivos específicos:
– Contribuir para a formação de cidadãos críticos e conscientes de seu papel social com vistas à
transformação social;
– Promover a integração da formação humana à formação técnica e científica;
– Estabelecer relações entre o trabalho, a ciência, a cultura e a tecnologia e suas implicações
para a educação profissional e tecnológica, com base no trabalho como princípio educativo;
– Desenvolver pesquisas e projetos para gestão e criação de estratégias que gerem estímulo
ao sistema cooperativista, bem como o aprimoramento dos seus processos produtivos e
gerenciais;
– Incentivar o empreendedorismo e a inovação durante todo o processo de ensino-
aprendizagem;
– Proporcionar condições de profissionalização para estruturação e o desenvolvimento de
cooperativas, fundamentando-se nos princípios filosóficos do cooperativismo;
– Promover a formação de profissionais para atuação junto ao quadro social, diretivo e
funcional de cooperativas com capacidade para planejar, organizar, gerenciar e liderar uma
cooperativa;
– Preparar para a atuação na gestão de contratos de cooperativas, assegurando o
cumprimento da legislação vigente;
– Promover o desenvolvimento de atividades de pesquisas e extensão na área do
cooperativismo, contribuindo com a reflexão e ampliação da atuação, dos princípios e das
finalidades do cooperativismo;
– Contribuir para a formação crítica e ética frente às inovações tecnológicas, avaliando seu
impacto no desenvolvimento e na construção da sociedade.