/ Notícias / Problematizando as Fake News: uma proposta integrada entre Noções de Direito e Língua Inglesa

Problematizando as Fake News: uma proposta integrada entre Noções de Direito e Língua Inglesa

Publicado em

Junto à pandemia ocasionada pela Covid-19, outra pandemia tem preocupado o mundo: a infodemia, ou seja, a pandemia de informações. No meio do turbilhão de notícias recebidas diariamente, encontram-se as Fake News, as quais são facilmente disseminadas, levando desinformação ao mundo e propagando inverdades que são tidas como verdades absolutas.
Com isso em vista, a problematização das Fake News torna-se de extrema relevância em tempos de pandemia, uma vez que nossos estudantes, de onde quer que sejam, mantém contato com as mais variadas notícias falsas o tempo todo. Na intenção, pois, de fomentarmos discussões que versassem sobre a (in)constitucionalidade das Fake News, sobre a gravidade dessas para a população e de compreendermos a maneira como são estruturadas, propusemos, no segundo ciclo de atividades pedagógicas não presenciais, ocorrido no meses de Julho e Agosto, uma atividade integradora sobre a temática entre os componentes de Noções de Direito e Língua Inglesa, ministrados pelas professoras Candida Joelma Leopoldino e Jessica Paula Vescovi, respectivamente, para a turma do 2º ano do curso técnico integrado em Administração do campus avançado Coronel Vivida.
Durante a realização da atividade, foram apresentadas diferentes notícias e reportagens sobre o impacto das notícias falsas na sociedade, assim como foram evidenciadas notícias que traziam à tona a inconstitucionalidade dessas e as medidas legais adotadas mediante a propagação delas. Nesse sentido, foram propostos diferentes fóruns, os quais versavam sobre as concepções de verdade dos estudantes, sobre o contato dos estudantes com notícias falsas e suas reações ao se depararem com elas, nos quais os estudantes puderam compartilhar, em língua inglesa e utilizando das If Clauses – conteúdo abordado de maneira contextualizada durante a leitura e interpretação de textos, suas vivências e experiências a respeito da temática.
Para as professoras, “com a ascensão das notícias falsas (Fake News), nos encontramos diante de um cenário que merece problematização, afinal, as notícias falsas ecoam nas redes sociais, nossos estudantes e seus familiares tem acessos a essas o tempo todo e, por vezes, acreditam e compartilham, de modo que a desinformação ganhe uma proporção ainda maior. Assim, na intenção de fomentarmos discussões que pudessem contribuir para a formação crítica e reflexiva de nossos estudantes, nos detemos a abordar como temática norteadora de nossa prática as Fake News”.
Como atividade final, foi proposto aos estudantes que elaborassem um material em língua inglesa (infográfico, vídeo informativo, folder…) contra a propagação das Fake News, o qual pode ser conferido nas imagens abaixo.

Leia mais

Informações sobre a Assistência Estudantil

Endereço : PR 562, Flor da Serra –  Coronel Vivida Paraná. 85.550-000

(46) 3232-2960 – 32322023

Topo