/ Notícias / Contabilidade e Cooperativismo: contabilizando a solidariedade

Contabilidade e Cooperativismo: contabilizando a solidariedade

Publicado em

Foi desenvolvido, durante o mês de setembro, o projeto “Contabilidade e Cooperativismo: contabilizando a solidariedade” coordenado pela Professora Dra. Leomara Battisti Telles, juntamente com a turma do 2º ano do curso técnico integrado em Cooperativismo.

No desenvolvimento do projeto, primeiramente, os alunos vivenciaram o processo de constituição de uma cooperativa com elaboração de Estatuto Social, escolha de dirigentes, desenvolvimento de logomarca e escolha da atividade, dentre outras atividades. Escolheu-se como atividade a produção e a venda de cachorro-quente e como nome CAB – Cooperativa Alimentícia Brierley, tendo origem no nome da turma que é inspirado em Eliza Brierley, a primeira mulher a fazer parte de uma cooperativa.

Posteriormente, com o objetivo de proporcionar aos estudantes a vivência da prática das atividades comerciais, realizou-se a venda de cachorros-quentes no Campus. Para viabilizar a comercialização sem ganhos financeiros, foi realizada uma arrecadação de alimentos não perecíveis, onde quem doasse um quilo de alimento recebia uma moeda social (CAB Pila), a qual poderia usar para comprar cachorro quente.

A comercialização aconteceu no dia 29 de setembro, sendo arrecadados 84 quilos de alimentos. Os alunos decidiram por doar esses alimentos para a Pastoral do Migrante de Coronel Vivida.

Assim, no dia 01 de outubro foi realizada a entrega dos alimentos por representantes da turma, acompanhados da professora Leomara. No dia da visita os alunos conheceram o importante trabalho realizado pela Pastoral do Migrante no Município.

Para a professora Leomara, docente de contabilidade do Campus e coordenadora do projeto, a realização do projeto oportuniza aos alunos a vivência prática de cooperativismo: “os alunos compreendem o processo de constituição de uma cooperativa, bem como a importância do comprometimento e envolvimento de todos os cooperados. Além disso, é possível fazer a relação com diversos conteúdos teóricos abordados durante o curso técnico, permitindo a formação integral de cidadãos críticos, empreendedores, comprometidos com a sustentabilidade e com o desenvolvimento local e regional, missão do Instituto Federal do Paraná – IFPR”.

Leia mais

Topo